Alt

Criptococose atinge mais os felinos

Postado dia 18 de outubro de 2017 por



Você sabe o que é a criptococose? É uma doença causada por um fungo chamado criptococcus neoformans, que é encontrado em solos, excrementos de aves (pombos) e algumas árvores como, por exemplo, os eucaliptos. Os nossos gatinhos são os animais mais atingidos.

A transmissão acontece por meio da inalação da levedura, que é a forma infectante dessa doença. Logo após a inalação ocorre a formação de um granuloma nas vias aéreas que pode atingir os pulmões (granulomas pulmonares) e a partir de então o problema pode ou não acometer o sistema nervoso central do Pet. Se isso acontecer, os gatinhos podem apresentar alterações neurológicas.

O sintoma mais clássico dessa doença, que não está presente em 100% dos casos, é o chamado “nariz de palhaço”, que é um aumento do tamanho da região nasal. Além disso, também podem ocorrer espirros, secreção nasal, aumento dos linfonodos (gânglios), lesões na pele (mais comum nos cães) e alterações comportamentais.

Para diagnosticar a criptococose o veterinário solicita alguns exames complementares que comprovem a doença, já que os sintomas podem ser confundidos com carcinoma epidermóide (um tipo de câncer comum na região nasal dos gatos). Os exames podem ser: citologia, biópsia, cultura de fungo e exames de sangue.

O tratamento na maioria das vezes é demorado e é feito com o uso de medicamentos específicos como antifúngicos orais e antibióticos.

Para prevenir a criptococose é importante manter o ambiente sempre limpo com sabão e desinfetante.

Procure seu veterinário de confiança ao sinal de qualquer problema com o seu bichano. Não medique seu gatinho sem a orientação médica e o diagnóstico correto.

Saiba mais em: http://portalmedicinafelina.com.br/criptococose/

#Criptococose #EspecialFelinos #NarizDePalhaço #SaúdePet #CuidandoDoMeuGatinho