Alt

Dicas para lidar com problemas de coluna

Postado dia 30 de julho de 2018 por



Durante a rotina nos hospitais e clínicas veterinárias é muito comum encontrarmos cães com problemas de coluna. Infelizmente, muitos tutores só percebem o problema quando o Pet já está mancando ou sentindo dor. De fato, existem raças de cães que são predispostas à doenças na coluna vertebral, como o Dachshund, Beagle e o Basset Hound. É possível que o Pet com problemas na coluna tenha uma vida longa e alegre, se os tutores estiverem atentos a algumas dicas que separamos abaixo, que prometem melhorar a qualidade de vida desses Pets:

– Leve seu cão para fazer hidroginástica. Isso mesmo! Existem profissionais especializados em fisioterapia veterinária. A hidroginástica pode aliviar as dores na coluna e ainda é uma ótima atividade física, sem impacto.

– Quando seu Pet estiver sentindo dor, faça compressas quentes na região da coluna. Mas atenção! O Pet deve estar com a coluna ereta e tome cuidado com a temperatura da compressa, para não queimar o seu cão!

– Evite o chão liso. Pets que vivem no chão extremamente liso tendem a escorregar, o que não é bom para quem tem problemas na coluna.

– Evite que o Pet suba e desça escadas, pois elas exigem muita flexibilidade da coluna vertebral. O mesmo ocorre no ato de subir ou descer do sofá, cadeira ou cama. Cuidado com essas práticas!

– Acupuntura vem garantindo ótimos resultados no alívio das dores. Mas fique atento! Não permita que leigos realizem o procedimento! A acupuntura deve ser feita por um profissional qualificado.

– O tutor também poderá fazer massagens nas costas do Pet para o alívio da dor, mas sem hidratantes ou gel.

– Ao carregar seu Pet no colo, segure-o pela região tórax e pela região pélvica, simultaneamente.

– Não permita que seu Pet fique acima do peso. A obesidade prejudica a coluna!

– Cuidado com animais de maior porte. As brincadeiras podem levar à uma lesão mais séria na coluna.

– Procure caminhar com seu Pet em terrenos regulares e a curtas distâncias.

– Pets com problemas de coluna geralmente devem ter um monitoramento trimestral com o médico veterinário. Não se esqueça das consultas regulares!

– Por fim, continue amando seu Pet e siga todas as orientações do veterinário para que ele tenha mais qualidade de vida.

#SaúdePet #ProblemasDeColuna #DicasEstima